A reciclagem que transforma vidas

“Já pensou o tanto de plástico que vamos retirar das ruas e do meio ambiente e ainda reaproveitar?” O questionamento da catadora de recicláveis Maria Eneide Pereira Costa, de 60 anos, ocorreu quando ela viu pela primeira vez a máquina de transformar plástico em grãos entrar em funcionamento na cooperativa de recicláveis que trabalha em Ceilândia.

A entrega deste e de outros equipamentos e maquinários ocorreu segunda-feira (4), com a presença do governador Ibaneis Rocha, na sede da Central Rede Vida e da cooperativa Recicle a Vida!, na QNN 28 da cidade. Maria é uma das centenas de profissionais a serem beneficiados com a extrusora – nome técnico da máquina que transforma o plástico –, além de um caminhão e 11 caçambas que vão ajudar na evolução do processo de reciclagem do Distrito Federal.

Fruto de parceria entre os governos local e federal e as cooperativas, a aquisição reforça o apoio à reciclagem no DF. “O cooperativismo é exatamente isso, a união de esforços”, afirmou o governador. “Ficamos felizes de ver nossos deputados distritais e federais trabalhando junto às cooperativas. O que compete a nós, enquanto governo, é dar condições para que essas pessoas se desenvolvam cada vez mais, que possam criar seus filhos em condições melhores. Da minha parte eu digo: contem comigo sempre”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.